Os cadernos Arendt visam constituir um espaço de debates em torno das múltiplas questões suscitadas a partir das reflexões arendtianas.

Conhecida, sobretudo, por sua filosofia política que gravita em torno dos "tempos sombrios", refletindo acerca da perda do sentido da política, Arendt, uma das pensadoras mais relevantes de nosso tempo, deixou uma obra profícua e profunda, que continua no centro da discussão filosófica-política. Daí, a relevância destes cadernos, um periódico singular no Brasil e na América Latina.

Espaço aberto para o confronto de interpretações, os Cadernos Arendt pretendem veicular artigos que se dedicam a explorar as ideias da filósofa, desvendar a trama dos seus conceitos que são tecidos em seus escritos que consagram a influência e a repercussão por ela exercida. Assim, os estudos que serão veiculados nos Cadernos Arendt procurarão comparar o tratamento por ela dado a alguns temas com os de outros autores, trabalhos que se empenham em avaliar enquanto um todo a atualidade do pensamento arendtiano.

Gerenciado pelo NUPHA – Núcleo de Pesquisa Hannah Arendt e vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Piauí, os Cadernos Arendt têm como mote difundir ensaios de especialistas brasileiros e internacionais, bem como traduções de manuscritos da autora.




http://www.ojs.ufpi.br/index.php/ca/index

Os trabalhos da autora de filosofia política Hannah Arendt (1906-1975) são uma das principais fontes para a reflexão da crise política e ética que paira sobre a modernidade e contemporaneidade, fundamentalmente para pensarmos o que a autora denomina de “tempos sombrios”. Localizados originalmente na Divisão de Manuscritos da Biblioteca do Congresso, “Arquivo Hannah Arendt” constitui uma coleção grande e diversificada, refletindo uma trajetória intelectual complexa. Com mais de 25.000 itens (cerca de 75.000 imagens digitais), os documentos contêm correspondência, artigos, palestras, discursos, manuscritos de livros, transcrições dos procedimentos de julgamento de Adolf Eichmann, notas e material impresso pertencentes aos escritos de Arendt e carreira acadêmica. Toda a coleção foi digitalizada e está disponível para pesquisadores em salas de leitura na Biblioteca do Congresso, na New School University em Nova York, no Hannah Arendt Center da Universidade de Oldenburg, na Alemanha e, no Brasil, no Núcleo de Pesquisa Hannah Arendt (NUPHA). Partes da coleção estão disponíveis para acesso público na Internet.